segunda-feira, 6 de agosto de 2012

...Liberdade e Sonhar...


Observo o vento que desliza entre as folhas de um velho carvalho. Celebrando a vida, o tempo ou simplesmente conduzindo a natureza em um bale imóvel.
Através desta janela vejo as folhas se entregarem ao sereno da manhã.
Imagino voar, ganhar os céus, me tonar o vento.
Em um sonho de olhos despertos, vejo, ouço o vento chamar-me, envolto em luz, posso sair atravessar o mundo que me aprisionava.
Livre, enfim a bela canção que ressoa a cada gota da fina chuva ao chão, preenche meu sonhar de luz.
Um só, com a gentil força transbordante, transformando ondas em suspiros.
E o brilhar de um sorriso nasce em mim.

Nenhum comentário :