segunda-feira, 8 de junho de 2015

...Filho do Sol, Lar entre as Estrelas...

Mais uma vez me levanto contra a dor
Um amante da vida, defensor do meu caminho
Um filho do sol
Transcendendo o desespero
Em busca da luz
De um novo dia
Não desistirei
Me transformarei mil vezes se assim for preciso
Tendo minhas lagrimas como lembranças de batalhas vencidas
Seguirei
Atravessando o fogo
Com a esperança que escutem minha voz
E mesmo em meio a escuridão
Não temerei
Pois mais densa já foste esta floresta
E mais alto os obstáculos
Nada me impede de voar
E como quem sou, olharei somente para frente
A espera que todas as estrelas se lancem do céu
Tornando-se um lar, meu lar

Nenhum comentário :