segunda-feira, 14 de setembro de 2015

...Perdão...

Busco o perdão em mim
Sigo em frente
Sem nunca olhar para trás
E como o mar sereno
Aguardo o brilho do luar
Meu milagre
Uma razão
Elevando ao céu
Além das nuvens
Minhas orações
A gratidão do viver
Flor branca que se enraíza
Profundamente na alma
Lembrando uma vez mais
A esperança nascente
De um novo amanhã
Por isso luto
E mesmo pelos vales de sombras
Posso sorrir
Superando a solidão
Ultrapassando a ilusão
Em busca do perdão

Nenhum comentário :