segunda-feira, 16 de novembro de 2015

...Uma Estrela Chamada Amor...

Aguardo a Lua e a chuva
O momento só meu
Onde o som da minha voz ecoará por todos os lugares
Fazendo você me ouvir
De joelhos ao chão
E com mãos apertadas, dedos de encontro às palmas, como em soco
O mais forte que eu puder
Nesse momento a liberdade se fará presente
A noite voltará a ser estrelada
E a chuva voltará a lavar minha alma
Um tempo onde as respostas não passarão de um singelo sorriso
E mais uma vez gritarei
Um urro que só será compreendido por ti
Você que observa cada passo
Você que vê por trás de cada lágrima
Mas que crer!
Sei que esse momento chegará
Onde a dor não se prenderá mais ao meu corpo
E o impossível alcançarei com a ponta dos meus dedos
Por isso mantenho a fé
A coragem de não desistir
Por está ilusão que transformo em sonho e será minha realidade
Neste dia você responderá
Fazendo soar a sua voz de trovão
Iluminando o céu
Com relâmpagos, uma, duas, dez vezes
Em nossa secreta comemoração
Brindando a vida
O crescer
O despertar
Que viajará em cada vida
Propagando-se como uma onda
No tempo que jamais se esquecerá
Da guerra que passou
Hoje ainda é tempo de lágrimas, mas a cada dia
Quebro as correntes que me cercam, que me atam
Em um sussurro de confiança
Em você que cultuo como o amor
E com a força deste amor,
Vencerei.

Nenhum comentário :