Mostrando postagens com marcador Letras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Letras. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 26 de junho de 2017

...Às vezes tento entender...

É estranho viver em um mundo onde a dor e a vitória acompanham-no como grandes amigas
Suas lágrimas tornam-se a estrada e o único destino leva-o à morte
Cada passo traz consigo a ternura de uma esmagadora solidão
E a culpa o atormenta gentilmente, como se o veneno deixasse um gosto doce em seus lábios
Você implora por forças mesmo ao ver toda escuridão envolvê-lo
A carne triturada já não suporta as tentativas de se mover
Com a mente reduzida a retalhos até o futuro parece dizer adeus
Restando o vazio onde seus gritos se perdem
Neste mundo só restou você
Uma fera cansada demais para lutar
 Vagando entre árvores sem vida
 Desejando que o sono consuma-o e transforme as mentiras em um pesadelo

Pois apenas um momento diferente em sua vida tornou-o fantasma de si mesmo

terça-feira, 9 de maio de 2017

...Enfim a Escuridão me Encontrou...





Enfim a escuridão me encontrou
Rasgando, devorando quem sou
Deixando um vazio que outrora chamei de amor
Sem explicação
Sem razão
Imerso a esta dor retorno às lagrimas
Meu tesouro passado
Lembranças perdidas
Estradas de sombras a tanto esquecidas

Enfim a escuridão revelou
A miséria de mais um perdedor
Caído
Dilacerado
Envergonhado
Diante de sua missão
Não pode proteger ao menos um coração
O meu
O seu
Derrotado, caminho sem rumo
Às margens de um sussurro

Enfim a escuridão destruiu
Os sonhos que ardiam em mim
Sem volta
Resta apenas andar
Ecoando sua voz fria no ar
Perdido sem lar
Pois enfim a escuridão me encontrou

E sorrateira como a morte minha alma levou

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

...Vontade...

Anseio em despertar, quebrar as correntes que atam meu coração.
Abrandar a dor que faz das lágrimas um precipício sem fim.
Caio sem temer o céu, apenas crendo em um milagre.
Ouvindo a voz em mim gritar, clamar a liberdade.
E ouvindo a resposta dos ventos, sei que posso voar.
Asas de luz, um mundo azul, flutuar em lembranças, um sonho em pleno ar.
Tomo em minhas mãos a responsabilidade de quem sou, de quem quero ser.
Uma estrela cadente a iluminar caminhos.
Um andarilho que busca sabedoria.
Um coração que ama.
Acreditando em cada vida, seguindo por todos os sonhos, vencendo a dor.
Através de uma inspiração ou de minha própria vontade.

Sigo crescendo, perdoando, cultivando em mim mesmo como o guerreiro que sou.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

...Uma Estrela Chamada Amor...

Aguardo a Lua e a chuva
O momento só meu
Onde o som da minha voz ecoará por todos os lugares
Fazendo você me ouvir
De joelhos ao chão
E com mãos apertadas, dedos de encontro às palmas, como em soco
O mais forte que eu puder
Nesse momento a liberdade se fará presente
A noite voltará a ser estrelada
E a chuva voltará a lavar minha alma
Um tempo onde as respostas não passarão de um singelo sorriso
E mais uma vez gritarei
Um urro que só será compreendido por ti
Você que observa cada passo
Você que vê por trás de cada lágrima
Mas que crer!
Sei que esse momento chegará
Onde a dor não se prenderá mais ao meu corpo
E o impossível alcançarei com a ponta dos meus dedos
Por isso mantenho a fé
A coragem de não desistir
Por está ilusão que transformo em sonho e será minha realidade
Neste dia você responderá
Fazendo soar a sua voz de trovão
Iluminando o céu
Com relâmpagos, uma, duas, dez vezes
Em nossa secreta comemoração
Brindando a vida
O crescer
O despertar
Que viajará em cada vida
Propagando-se como uma onda
No tempo que jamais se esquecerá
Da guerra que passou
Hoje ainda é tempo de lágrimas, mas a cada dia
Quebro as correntes que me cercam, que me atam
Em um sussurro de confiança
Em você que cultuo como o amor
E com a força deste amor,
Vencerei.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

...Suspiros de Aurora...

Brilham cores no céu, derrama-se luz como tinta em um papel
Profunda, imensa é a alma da terra
Emoção que encanta, vida que transborda
Ressoa com as batidas do coração
Uma canção
A voz de uma oração
Gentil
Intima
Bela, atmosfera
Meu mundo azul colorindo florestas, marés e geleiras com suas lágrimas

Suspiros de aurora

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

...Sinto Falta...

Sinto falta de sorrir
Sinto falta de sonhar
Sinto falta de chorar
Um sorriso sincero, que não apenas esconda a dor
Sonhos que me façam transcender nuvens e viver
Lágrimas que levam consigo toda a solidão
Sempre pergunto o porquê?
Se a liberdade já me foi tomada
E só restou desejos perdidos
Um tormento eterno
Ilusões de um deserto sem fim
Acorrentado
Busco a saída
E ainda que me veja a arrastar por um chão frio e sujo
Sigo
Ouço a chuva
A alma gritar
E torno a buscar
O direito de sorrir
A força para sonhar

E a coragem de enfim poder chorar

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

...Silêncio em Mentes...

Silêncio em mentes
Um quarto sem ruídos
Apenas o vento lá fora
E areia aqui dentro
Olhando o escuro
Não vejo
Mas sonho
Em um eterno

Silêncio vazio
O vazio do silêncio

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

...Sentido do Meu Luar...

Neste olhar perdido, encontro o luar
Luz que me faz flutuar
Espirito que perdi
Sonho desperto
Tempo de ilusões
Suspiros e paixões
Gentil canção a tocar a alma
Fluir o que há de melhor em mim
Voar assim, mergulhar nos meus desejos
Ser completo e livre para amar
E novamente me perder na luz do teu olhar
Que todas as estrelas testemunhem este sonho
E o manto da noite acalante o viver
Em busca de um novo amanhecer
Lagrimas a percorrem os sentidos

E novamente sem sentido voltar a você

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

...Pinceladas...

A cada pincelada vejo uma nova cor nascer
Riscos e rabiscos formando contornos, um desenho abstrato
Uma fonte para trazer sonhos à vida
Um sonho que nasce do azul
Nesta exposição de imagens, cada quadro retrata uma vida
Cenas em tintas
Espelhos coloridos
Isto é pintar, viver sonhar, mais uma arte do amar que tento dominar

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

...Passos...

Meus olhos bem abertos visam o caminho
Armadilhas, desafios, barreiras a superar
Um destino a enfrentar
Será que conseguirei, será que merecerei
As respostas soltas ao ar
Sempre mais perguntas a me confrontar
Apenas sei que não desistirei
Apenas sei que lutarei
 Só assim o mundo faz sentido
Só através das minhas lágrimas
Eu encontro a paz
Neste caminho, evoluir, crescer
Nada foi escolhido, apenas imposto
Mesmo assim, é tudo o que sempre quis
Viver para aprender

E vivendo alcançarei quem realmente sou.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

...Natais Passados...

Fincando as raízes ao chão alcanço o céu
Encontrando em lágrimas a seiva da vida
Grande carvalho, árvore do tempo
Ampulheta perdida, dona dos milagres
Despertando em si o infinito

No fim, apenas mais um fantasma de natais passados

segunda-feira, 25 de maio de 2015

...Magia...

Em volta da fogueira passos, laços, cores, amores
Ao som de sinos, encantos são declamados ao luar
Magia e mistério, canções, corações
Dança a cigana embalada pelo frio da terra
Sua face aquece ao dourar do fogo
Inspirando o frescor do ar
Seguida pelo balé das flores
Iluminada ao sereno prateando a pele
Colorindo a noite
Um sortilégio
Um dom
O guiar da vida

Prazer em sonhar

segunda-feira, 27 de abril de 2015

...Conto das Estrelas...

Encontro nos livros, vida
Um sentido para renascer
Um alento do meu viver
Estórias que como o frio, envolve, arrepia, gela a alma
Estórias de coragem, faróis a aquecer meu ser
Amo escrever
Sonhar
Trilhar este caminho do saber
Aprender que não passamos de mais um dos contos do infinito
Almas cantantes
Esperanças eternas
Eternas luzes
Em um bocejo
O conto de ninar das estrelas      

segunda-feira, 30 de março de 2015

...Amém...

O futuro o aguarda
Com um belo sorriso e braços abertos
Mesmo que haja desafios
Feche os olhos e ouse mais uma vez sonhar
Pois o sol e as nuvens acariciam cada desejo
E a esperança nunca morre
Então agradeça por mais um dia
Por mais uma chance
Por mais este presente
Que a vida guie cada coração a alcançar o infinito

E cada alma ao amor

segunda-feira, 24 de junho de 2013

...Hoje e Sempre...


Quando o sol nasce.
A vida desabrocha, em cada campo há esperanças, a vontade de sonhar guia passos ao futuro.
O desejo de liberdade remove, extingue o sofrer, sorrisos e inspiração conduz uma indescritível felicidade.
Renasce o espirito, a vontade de amar, um coração tomado pelo desejo de vencer.

E sendo um só com o céu posso voar hoje e sempre eu.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

...Nascente...



Novamente posso lutar, vida e esperanças transbordam de meu sonho de voar
Me sentir livre nada mais é que fechar os olhos e poder sonhar
Sem medo de cair ganho asas, tendo em mim a paixão pelo viver reaprendo a cada dia a amar
O valor de um abraço, a importância de sorrir
E mesmo que o destino traga-me lagrimas as tornarei de felicidade
Pois amo a chuva, o sol a lua e todas as estrelas

segunda-feira, 27 de maio de 2013

...Doce Amar...



Seu jeito, teu olhar, minha razão de amar
Encontrei em teus passos meu caminho, seus braços meu lar
Um grande amor verdadeiro que nem cabe no peito
Um lindo sonho é para mim teu sorriso, as portas do paraíso
Desejo a todas as estrelas cadentes que deem-me o maior presente
Seus beijos, teu tocar que estejas comigo, meu sol, meu mar
De agora até sempre meu amor, só quero te amar

segunda-feira, 20 de maio de 2013

...Sabor, Maçã...



        O sabor desperto, sabedoria lúdica

         Intenso prazer, engano na razão de ser

         Dizendo o que quero dizer

         Que compreenda quem puder ou quiser

         Da vida tiro este sabor, gostinho de maçã

segunda-feira, 22 de abril de 2013

...Milagre, Templo, Vida...



         Vejo o desabrochar da luz em tons avermelhados, sobre as águas do mar tremulo espalha-se o balé de pequenos rabiscos que mais parecem sonhos.
         Observo o céu acima, nuvens amareladas envolvidas pelo remanesceste azul marinho do fim do dia, tira o folego de tão belo.
         Suspiros acompanham o poente, ao se mover a luz do sol deixa lugar para o luar, estrelas e o profundo azul noturno.
         Assim mais um dia deixa sua herança de um eterno milagre chamado vida.