quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

...Impressionantes obras de arte que nosso grande amigo, Márcio Alcântara, pôde trazer ao mundo...

Cabana de Pesca
Óleo sobre Tela - 30x40

Pássaro Azul
Óleo sobre Tela - 30x40


Tarde Fria
Óleo sobre Tela - 30x40
Contando sua própria história, Márcio Alcântara emociona pelo coração e pela arte.

Histórico na pintura com a Boca

Sou Márcio Alcântara, nascido no ano de 1971 na Cidade de Campina Grande /  Paraíba – PB.

Em 1993 sofri um acidente de “Transito” e acabei ficando Tetraplégico sem nenhum movimento do corpo.

Durante anos vivi preso ao meu corpo sem movimentos, sem nenhuma expectativa de vida, ate que em 2013 um amigo chamado Jefferson Maia, e que também é Tetraplégico e Artista Plástico (Exclusivo da APBP) Associação dos pintores com a boca e os pés, me convidou para ir a uma exposição coletiva da APBP no Iate Clube da Urca, no Rio de Janeiro/ RJ


Sempre fui apaixonado por pintura em tela desde criança, e com tantas limitações nunca acreditei que um dia eu tomasse o gosto de querer aprender a pintar quadros e muito menos com a boca.


Passei acreditar em mim mesmo, e que eu iria tentar pintar um quadro ate conseguir.
Tudo mudou em mim, com esse desejo comprei alguns materiais de pintura pela internet e em 2013 comecei treinando como aprendizado na arte, na pintura com a boca. Desde então, tenho me surpreendido muito comigo mesmo; é muito bom essa auto descoberta, pois, acreditando mais em mim, sei que posso e preciso aprender muito mais com a pintura.

Quero estudar e me aprofundar muito mais na pintura e crescer com isso, me fortalecendo como pessoa. Pois quando estou pintando, percebo uma sensação de que o meu mundo difícil como tetraplégico vai se desligando de todo sentimento de dor, preconceito, luta difícil do dia-a-dia para manter-me com saúde e ganhando leveza colorida. Com isso, cada vez mais vejo possibilidades surgirem nos meus sonhos de vida.

Em janeiro de 2015 já com algumas exposições e entrevistas em meu currículo, tive a oportunidade de ser avaliado por uma representante da APBP e de enviar 6 (seis) obras minhas para (VDMFK) Associação de pintores de boca e pé artistas do mundo, para serem avaliadas e reconhecidas como pintada somente com a boca.

Em novembro de 2015 fui aprovado na VDMFK E em 01 de Março de 2016 passei a ser oficialmente bolsista e pintor exclusivo da APBP.


Com esse reconhecimento de se tornar artista plástico internacional, fui aprimorando minhas técnicas a Óleo e Acrílica.

Veja participações anteriores deste artista na Exposição Virtual:
2ª Exposição Virtual: http://espelhodaseras.blogspot.com.br/2016/12/um-grande-artista-apresenta-se-no-4-dia.html

Todos os direitos autorais são reservados para a Associação de Pintores com a Boca e os Pés (http://www.apbp.com.br/)

Nenhum comentário :